Decifrando – Alois Trancy

Um órfão em busca de amor? Um Mestre traído por seu mordomo? Um Conde impostor? Um Rei em xeque?
Alois Trancy ou Jim Machen?

Yoo! Minna-san

Muito tempo depois eu estou de volta. Perdoem-me pela demora, andei doente e a escola me tirou todo o tempo livro. Mas enfim, vamos falar de um assunto bom, vamos falar de:  Alois Trancy, minha Bitch preferida.

 

Bom, com o Arco do Circo terminado e todo mundo imerso nessa historia vamos relembrar a 2ª temporada um pouquinho. Antes de mais nada vale ressaltar que ela não existe no mangá.
Alois Trancy é quem nos foi apresentado logo depois da terrivelmente intrigante cena do Sebastian devorando a alma do Ciel. Todos estávamos agoniados, desesperados a fim de saber o que aconteceu e então nos aparece um mordomo diferente, um Conde mimado e uma abertura diva, porém assustadora nos fazendo pensar se nossos queridos protagonistas não iriam aparecer.
Acho que é aí que começamos a ficar com um pé atrás com o Alois, mas também é aí que ele faz sua grande entrada e essa tremenda trollagem mostrando sua personalidade. Talvez seja justamente por sua personalidade contestável, suas atitudes abomináveis e tão diferente do que estávamos acostumados com o Ciel que ele tivesse que ser mostrado primeiro. Precisávamos entender quem ele e seu mordomo eram.

 

Então ainda no primeiro episódio Sebby aparece para acalmar nossos corações um instante até descobrirmos que Ciel está dentro da mala, que Sebastian foi lá recuperar seu anel para ele acordar, etc e etc.  Eu não sei vocês, mas de verdade eu fiquei muito mais intrigada  e presa a historia do Alois do que com o Ciel.  Claro que saber o que aconteceu com ele na hora do jantar do Sebastian era minha preocupação número um, mas eu me afeiçoei bastante ao loiro.

 

Eu vejo no Alois o que o Ciel poderia ter se tornado, isso mostra que ter um mordomo demônio não basta se você não for um mestre e tanto. Alois foi um órfão e por isso nunca recebeu nenhum tipo de atenção ou cuidado materno ou paterno, nenhum amor já que as pessoas da vila o mal tratavam. Seu irmão Luca era a única família que ele tinha e nessa época apesar de sua grande ganância eu não acho que ele fosse perturbado como se mostrou.
Raciocinem comigo um instante, você é uma criança que não tem nada, óbvio almejar coisas grandiosas e depois, você perde seu irmão mais novo a única família, o único amigo, a única pessoa que você tinha, que te entendia, que você confiava… Não é de se surpreender que ele tenha perdido um pouco da sua sanidade e também crie um grande ódio por quem fez aquilo. (no caso ele pensava que era o Sebastian então é totalmente compreensível ele querer acabar com o Ciel para atingi-lo e fim)
 Quando ele é vendido e fica lá sem esperanças eu senti muita pena dele e até comecei a acha-lo chato por se render assim, desejava tanta coisa e do nada fica que nem uma marionete? Inadmissível! Até que ele mostra ter um pouco de inteligência e começa a seduzir o tio lá a ponto de poder se passar pelo filho desaparecido do Conde Trancy. E assim Jim Machen se torna Alois Trancy.

 

Assim ele deixa de ser coagido e passa a coagir. Deixa de ser mal tratado e passa a mal tratar. Julgamos ele muito mal, mimado, mas pensem só, a vida inteira ele foi tratado assim por que não tratar os outros da mesma maneira? Ainda mais quando ele consegue poder e empregados fieis a ele.
De certa forma ele foi bastante esperto nessa parte de roubar o título de Conde (Eu sempre digo que o primeiro passo para uma vingança é ter dinheiro), mas aí entra o fato de que ele só transferiu a atenção que precisava do Trancy para o Claude, onde pensou ter finalmente encontrado alguém que o amaria como ele desejava.
Já que as pessoas da vila o olhavam com raiva e o Conde com luxúria. Tudo o que Jim sempre quis era ser amado como era pelo seu irmão e tendo Claude sob suas ordens ele pensou que conseguiria isso.
Só que como eu disse antes é o Mestre que faz seu Mordomo e logo não foi de se espantar que ele esperava ser tratado pelo Claude como Sebastian tratava Ciel, uma devoção única. Coisa que nunca aconteceu.

 

Além de todas essas decepções Alois tem o que resta do seu coração dilacerado quando seu querido mordomo começa a correr atrás da alma do Phantomhive. Aí sim foi a gota d’água pra mim. Eu finalmente formei meu pensamento sobre esses dois: Claude é um demônio sem noção que não sabe ser um mordomo e fica de recalque para com a alma alheia. Já Alois é um Rei super sentimental que não sabe usar suas peças para vencer o jogo de xadrez para completar sua vingança e uma “vítima” que caiu na teia de arranha desse demônio. (mas que ele procurou por isso, ah ele procurou)

 

Sua morte foi um grande choque para mim. Eu não esperava e detestei. Nessa hora eu disse a mim mesma que se o Claude não morresse eu mesma iria até o Japão dar na cara dos produtores. Mas felizmente ele se foi, perdeu sua chance e ainda levou uma surra do Sebastian. ^_^ Vejam bem não estou dizendo que detesto ele ou que ele não fez um papel de mordomo muito bem (as frases de efeito dele são ótimas), apenas que ele não se portou como um indo atrás da alma do Ciel, matando seu Mestre e etc. Tanto é que no final ainda fiquei com um pouco emocionada… Afinal Claude, você morreu como mordomo de quem?

 

Já sbre o Alois ter se “fundido” ao Ciel além de um golpe baixo do Claude essa confusão toda me fez ver que de fato Alois é uma imagem, um reflexo, talvez um prelúdio do que Ciel poderia ter se tornado e em parte o que ele realmente é, uma parte do Ciel que é mais explicita no mangá, uma parte contestável da sua personalidade. Agora que vimos o Book of Circus o pequeno Conde mais sádico e maldoso, sem ligar pra outra pessoa que não ele mesmo eu acredito que vão entender o que quero dizer. Afinal comparações não faltaram.
Uma grande surpresa foi a Hannah, ela que na verdade matou o Luca com quem tinha um contato. E ela me fez levantar uma importante pergunta: Demônios têm sentimentos? Afinal ela se afeiçoou ao Luca, aguentou tudo o que o Alois fazia e no fim ainda o ajudou com seu plano para que nenhum dos dois mordomos jamais pudesse ter o Ciel. (palmas pro loirinho, essa ideia foi fantástica e acalmou o coração de todos os Kurofãs preocupados com o desfecho da temporada)

 

Graças a Hannah eu comecei a ficar encucada sobre o rumo do mangá, da história original por assim dizer. Comecei a reparar em cada quadrinho se Sebastian demonstraria algo como carinho com o Ciel, se demônio poderiam agir, pensar e sentir como humanos.

 

 Então a 2ª temporada não foi só filler. Ela foi uma resposta a nossas suplicas, uma maneira de manter nossos protagonistas sempre juntos, mostrar como mordomos e mestres podem ser diferentes, nos colocar perguntas sem menções de resposta e criar a mais sádica das “Bitchs” de todos os tempos. Porque convenhamos os empregados da família Phantomhive são incríveis, mas Alois Trancy reuniu sob uma mesma mansão 5 servos demônios, não é pra qualquer um não.
E a todos que desejam um yaoi, assim como Grell, o Alois veio atender esse apelo, apimentar as coisas, complicar as coisas e no final ser o grande motivo de tudo.

 

Se compararmos a busca de Claude e Sebastian pelo Ciel/Alois ao um jogo de xadrez (amo fazer essas comparações) eu devo dizer que Alois Trancy foi um Rei que conseguiu vencer perdendo o jogo, sacrificando a si próprio. Deixando de forma impossível uma partida acabar em empate.

 

De uma maneira ou de outra, Claude Faustus, Hannah Annafellous, Ciel Phantomhive e principalmente Sebastian Michaelis não vão esquecer o seu nome facilmente. Assim como nós Kurofãs sempre os lembraremos dele. O mais mimado, ingênuo, arrogante, carente, traiçoeira, bitch, sentimental Conde de todos os tempos. Essa é a sua alteza, Conde Alois Trancy!

 

Ja ne!

26 thoughts on “Decifrando – Alois Trancy

  1. pois para aquele que nao gostam de kuroshitsuji eu quero que vao para o inferno eu acho ele um anime muito bem feito o grafico, o personagens e quero que todos os amantesn de kuroshitsuji sejam muito bem recompensados vcs entendem oque eu quero dizer com o sebastian e oclaude aquele anime fica cada vez mais lindo e se vc reparar bem ele e um anime yaoi e so vcs verem tem uns episodios que o , sebyy tenta beijar o ciel ou u , claude tenta pegar nas partes intima sdo alois cara com isso eu tive hemorragia te juro . em fim kuroshitsuji e um anime muito louco legal e , engraçado so que tem pessoas que preferem fingir que oque estao vendo e uma porcaria sabendo – se que nao e e um otimo anime. muito obragada por terem lido o meu comentario e sunmasem gomnasai por tudo

  2. Eu sinceramente não gosto do Alois, eu acho ele muito sem graça e um andrógino ( é sério esse guri é muito esquisito, na minha opinião). Mas, eu respeito quem gosta dele, então não precisam me apredejar por esse comentário. Porém, eu achei bastante chocante. Nunca vou me esquecer desse Loirinho de olhos azuis.
    ~Chu
    Julia-san

  3. Eu sinceramente odeio o Alois de corpo e alma. Odeio muito ele ! E não sei porque, mas depois que li isso, fiquei com mais raiva ainda dele.
    Tem muitos amigos meus que não entendem porque tanto ódio e até tentam me enfiar na guéla o shipp "Alois x Ciel". Mas só de ler, ou de ver uma foto disso, eu sinto nojo e mais raiva ainda !!! Eu ri de felicidade quando ele morreu, joguei fogos de artifício só porque essa "bisha oxigenada " morreu. [Sim, eu chamo ele assim e de coisas piores]

    Sugestão : Decifrando : Sebastian Michaelis.

    1. Asuhsauhsauhsa bisha oxigenada foi o máximo. *—-*
      E olha só, minha xará… Totalmente o oposto de mim. Eu consigo entender de certo modo seu ódio por ele, até porque a 2° temporada foi mesmo só pra acalmar os ânimos e dar continuidade a historia já que o mangá tava saindo. Espero que agora eles façam apenas os arcos da historia original.
      Eu não sou muito fã de ships do Kuro, embora alguns até parecem fofos em certas ocasiões. Mas CielxAlois é muiiito assustador. O.o
      Nada a ver.
      Sobre o Decifrando do Sebastian… Eu estou guardando ele e o Ciel mais pro final, pelo menos até o desfecho do arco que está saindo o mangá. E… Bom, não sei direito, falar deles só com base no anime é meio complicado pq é muito superficial e diferente da obra da Yana, mas dar spoiler do mangá tbm não é legal.
      Talvez eu faça uma parte sobre o anime e outra sobre o mangá.
      Não deve ser o próximo, pretendo falar de um outros personagens assim que sair o OVA do Book of Murder.
      Obrigado por comentar principalmente sendo uma opinião oposta e tão bem firmada. Gosto de gente decisiva assim. Espero te ver mais por aqui.

  4. ;w; Faz mal eu dizer que mesmo assim, com todos esses defeitos e ser frio pra caramba, eu adorei o Claude?
    Sério, eu fiquei triste pacas pelo Alois, mas, como você mesma escreveu, Tal mestre tal mordomo. Mas ainda sim senti uma falta de absurdo o Claude não lutar por seu mestre e ficar daquele jeito…;w; ele é tão mau que é apaixonante!
    Adorei a crítica e espero ver muitas outras! 😀

    1. Yoo, Yasmin-san.
      Eu particularmente acho o Claude um mordomo ruim, mas tbm acho que isso se deve ao fato do Alois. Esses dois são complicados porque são antagonistas tentando parecer os "mochinhos" da história.
      Mas eu reconheço que o Claude tem lá seus destaques (aquele sapateado e arrumação da sala no primeiro episódio foi épico).
      E talvez justamente por ele não ter lutado pelo Alois eu tenha sentido tanto a morte dele.
      O que mais me deixou bolada foi que no final (como o Sebastian mesmo disse) nem sabemos como mordomo de quem o Claude morreu. =/

  5. Eu não entendo por que tantas pessoas tem ódio dele <3
    Ele realmente me cativou,me pegou desprevenida, fez meu forninho cair. Eu acho que foi um personagem bem trabalhado, teve suas falhas , sim teve . Mas eu gostei do jeito dele. A personalidade indefinida , a falta de caráter skladhasjdskjdashd ,a bipolaridade , tudo. Realmente acho que é um personagem que merecia muita atenção nossa. E você meio que pois aqui o que , muitas vezes eu pensei. Sua visão é ótima,seu jeito de explicar,de se expressar , me lembra eu algumas vezes. (EM DEPRESSÃO POIS EU FUI A PRIMEIRA A LER ESSA MATÉRIA, E A PRIMEIRA A COMENTAR,MAS ACHO QUE NO DIA EM QUESTÃO MINHA INTERNET NÃO COLABOROU ;-;) Adorei o jeito que você explicou sobre ele. Amei tudo.
    Parabéns Lady Michaelis <3

    1. Obrigada Lah.
      Eu tenho sentimentos controversos sobre o Alois e Claude até hj.
      Mas não podemos nos esquecer que graça a esse loirinho Sebby e Ciel ficaram juntos pra sempre. ^_^
      Viva, sabicha bipolar. O/
      O fato dele conseguir causar tanta reação, seja positiva ou negativa já mostra que ele foi escrito com um certo cuidado, com um objetivo de deixar mesmo a gente intrigado.
      E é aquele velho ditado: fale bem ou mal, mas falem de mim. Assim é Alois Trancy. =P
      Moleque que gosta de chamar a atenção.

  6. Isto é lindo, adorei quando você ressaltou que Alois é o que Ciel poderia ter sido, para mim eles são como duas versões de uma mesma pessoa, se comparar até mesmo expressões acabam por ver o outro (se estamos falando do Ciel do mangá, claro), essa coisa de opostos pra mim, apenas porque um quer vingança, outro amor, quer a luz e o outro aceita a escuridão me parece uma visão um tanto quanto superficial a respeito dos personagens, eu gostaria que a segunda temporada tivesse sido um pouco melhor desenvolvida, o número de ep.s foram poucos.

    1. Poisé a 2° temporada acabou sendo corrida e assim fica complicado trabalhar os personagens. Talvez se tivesse sido maior e com mais ajuda da Yana Toboso poderia ter sido algo incrível.
      Ainda mais tendo em vista que pra quem acompanhava o anime na época que saia esperou anos pela 2° temporada.
      Então dá pra entender quem ficou decepcionado e odiado o Alois.

    1. Oh my butlers! =O Masoque!?!!?
      Ciel divosamente mais divo. Na minha opinião claro, gamei nele primeiro antes mesmo do Sebastian. Foi amor a primeira vista.
      O Alois é mesmo lindo, acho o traço dele super bem trabalhado. Sei lá… Ciel sempre mirradinho, magrelo, kawaii, de pouca expressão. Nisso o Alois é complemente diferente e eu adoro um moleque loiro mimado dando piti. ^_^

  7. cara eu não curto o alois justamente pelo fato de o ciel ter conseguido não se tornar tão ruim porque o alois não pode ? tipo eu sei q o alois tinha menos pessoas que o amavam mais ele tinha o irmão ou seja ele sabia sim o que era carinho então não acho q ele possa ser como é so por isso

    1. Compreensível seu ponto de vista. E bem racional.
      O próprio Ciel uma vez disse que poderia ser como o Soma se não tivesse sido levado e tal. Eu acredito que isso vem da personalidade dele e do fato como Sebastian o "educou". Tipo, não sei se lê o mangá, mas lá vemos que Sebastian não tem paciência nem está interessado em um mestre mimado, que não consegue se controlar mais ou menos como o Alois é.
      Então de certa forma a falta de personalidade, de caráter do Alois fez com que ele não conseguisse ser forte e determinado como o Ciel.
      É uma coisa complexa essa segunda temporada e um personagem controverso o Conde Trancy.
      Obrigado por compartilhar sua opinião, Anony! ^_^

  8. Mais um texto maravilhoso da Lady Michaelis!!!! *palmas* Olha eu simplesmete amo a maneira que você escreve! Me identifico com os textos, a maneira de espresar-se <3 Tenho uma página de Kuro no face, um dia ainda posto um vídeo falando dos seus textos, ou um vídeo baseado neles! Adorei mesmo você ter escrito do Alois (meu personagem favorito <3)!!!!!! Um dia quero entrar em contato com você 😉 Vamos conversar bastante sobre isso!!! (Uma coisa: Vire escritora rsrsrsrsrs É sério O-O)

    1. Awaan! Gente! Essa Isa, minha fã. <3 rsrs
      Muitíssimo obrigado pelos elogios, fico até sem jeito. Aida mais que demoro tanto para postar.
      Vamos manter contato pelo facebook.
      E sobre ser escritora… Agradeço o incentivo. Cogito essa ideia, mas como um hobbie.
      Até a próxima Isa-san.

  9. Amei o post *-* Bem, eu sempre amei o Alois, e sei que as pessoas interpretam ele mal, mas pow, o menino sofreu pra caramba, foi normal ter essa distorção de personalidade.
    E quando ele morreu, eu chorei tanto, por isso eu acho o Claude um maldito, mas fazer o que… Quem será o próximo personagem decifrado? :3
    Beijos

    1. Exatamente, temos o péssimo hábito de julgar logo o personagem e então quando vemos seu passado começamos a compreender o porque das suas atitudes. Há sempre uma razão, não importa se é boa ou ruim, certa ou errada, apenas uma razão para todo mundo ser como é.
      Eu ainda não sei qual será o próximo personagem decifrado, alguma sugestão? =D

      P.S.: Que lindo sobrenome… Keehl-san *–*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *